Translate

quarta-feira, 2 de maio de 2012

HAPPY BIRTHDAY, FREEWAY!!!

Eu na Internet em junho de 2010


Ai, que saudades que eu estava de escrever minhas reportagens!!! O problema é que a Mammy e eu andamos tão ocupados com o dia a dia que nem nos demos conta que o tempo passou! E, o tempo passou tão, tão rápido que chegou o meu aniversário de novo! Gente, parece que foi ontem que eu fiz um aninho! Pior, parece que foi anteontem que eu nasci! 

Eu me lembro quando Mammy foi lá na Encrenquinhas me conhecer em 5 de junho de 2010, pois tinha visto minha foto na Internet, e se apaixonou por mim! (Quem não iria se apaixonar por uma coisinha tão fôfa como eu era? Podem conferir na foto que a Mammy me viu pela primeira vez!) Pois bem, ela foi lá e bastou ela me chamar de Freeway para eu atender prontamente o chamado dela, e assim ela me trouxe aqui para o “pedacinho de céu” dela. Na primeira semana eu fiquei apavorado que ela me devolvesse para a loja, porque ela não estava mais acostumada a dividir o espaço dela com ninguém, mas, ufa!!, passei no teste e cá estou eu mais feliz do que nunca, vivendo no maior mimo.

Meu aniversário foi dia 30 de abril, segunda-feira. A comemoração começou desde da hora que eu acordei com Mammy cantando “Parabéns a você!” Depois, de tarde, veio a festa com todos os meus amiguinhos: Pollyanna, Toby, Scotinho, Harvardinho, Harvardão e logicamente Bubu, minha melhor amiga!!! Agora eu vou apresentar para vocês meus amiguinhos, menos Bubu que não precisa de apresentações.

Eu e meus amigos

Pollyanna é uma burrinha, Mammy adora burrinhos, ela é muito docinha e nunca dá coice e nem é teimosa. Mammy deu esse nome para ela porque quando menina leu um livro chamado “Pollyanna”, da escritora norte-americana Eleanor H. Porter, que escreveu esse livro em 1913 contando a história de uma menininha de 11 anos que conseguia ficar feliz mesmo que tudo desse errado para ela. Pois a Polly, a minha amiga, é assim também, de um otimismo tão grande, que por vezes penso que ela vai dar com os burros n’água, mas para minha surpresa acaba dando tudo certo para ela. Logo, eu cheguei a conclusão que eu devia ser otimista como ela, pois dá certo.

Toby, Scotinho e Harvardinho são três cachorrinhos como eu. Toby chama-se assim em homenagem ao primeiro cachorrinho da Mammy, um descendente de jacques-russell já abrasileirado, que era uma fera, muito afeiçoado à Mammy não deixava ninguém se aproximar dela, ele reservava toda a doçura dele para ela. Mammy ganhou o Toby quando tinha sete anos do padrinho querido dela e por 13 anos foram amigos inseparáveis, quando então ele foi passar os últimos dias dele na fazenda do padrinho para poder correr atrás das galinhas à vontade. Scotinho recebeu o nome do último cachorro da Mammy, antes que eu viesse, e era um basset-haund, que foi xodó dela por outros 13 anos, infelizmente foi para o céu dos cachorrinhos enquanto Mammy visitava meu irmãozão em Boston, em 2004. Harvardinho, foi presente do meu irmãozão quando fazia mestrado em Harvard, para que ela não ficasse por demais saudosa dele. Então, quando após 5 anos de muito estudos meu irmãozão se doutorou em Direito lá em Harvard, ele deu para Mammy o Harvardão, o senhor-sabe-tudo!!!

Eu minha amigona querida Bubu



Pois bem, como vocês podem ver eu estou muito bem de amigos, e não preciso dizer que a festa foi animadissima. Além do mais a Mammy reservou uma surpresa enorme para mim, ela me deu o título de “Príncipe da Alegria”, com direito a coroa!!! Ela disse que de todos os cachorrinhos que já teve, e foram muitos, eu sou o mais alegre de todos e o mais educadinho. E, como eu pela conta de que um ano de cachorro vale por sete de gente, eu estando com 2 anos seria um menino de 14 anos, uma adolecente, ou como ela diz um “aborrecente”!!! Não sei porque…

EU!  Príncipe da Alegria!!!!
Será que ser príncipe é bom? 
 Adolecente ou “aborrecente”, segundo ela, eu estaria com idade suficiente para me tornar um “príncipe”, eu percebi que o título novo é muito importante, mas não sei dizer se o peso da responsabilidade da coroa seja lá uma coisa muito boa, pois pelo que eu tenho sabido a tal vida de príncipe não é moleza, e por vezes parece bem tediosa. Será que eu vou ter que ficar me comportando que nem príncipe o tempo todo? Eu adoro fazer bagunça…, brincar, correr e fazer graça com todo mundo… Humm! Não sei não…


Mas, aí estão as minhas fotos de príncipe, apagando as velinhas do meu bolinho e celebrando na maior a minha vida de cachorrinho da Mammy, pois nasci para esta vida que ela me dá, como eu poderia não ser alegre vivendo na alegria da companhia dela?

Happy Birthday, Freeway!!!



Felicidades, Freeway


Parabéns Freeway!!!


Devorando o bolo!!!!



E se eu pensei que a comemoração tinha acabado depois que o dia do meu aniversário terminou, eu estava enganado, o melhor ainda estava por vir. No dia seguinte, meu irmãozão e minha cunhadinha nos levaram para almoçar no restaurante que eu mais amo: o Vaca Véia!!! Com direito a picanha e bolo!!!

No ano passado eu celebrei meu aniversário de 1 ano lá, pois eu já era freguês desde os dois meses, quando vim morar com a Mammy. Aí está a minha foto do meu aniversário no ano passado, mas como agora eu tenho uma máquina para tirar fotos, aproveitei e fiz uma super reportagem do Vaca Véia para vocês.


Vejam a entrada do Vaca Véia e a minha amigona Mumu, essa vaca azul, muito divertida, eu fico me perguntado se ela dá leite azul também. Hahaha!!!







Se eu sou o mais novo “Príncipe da Alegria”, o meu amigão Sorriso – sim é este o apelido carinhoso dele, pois sorriso mais bonito e brasileiro não há – , ele sem dúvida é o “Rei da Alegria”!!! E, aí está a nossa foto com ele, a qual não poderia faltar, já que o Sorriso é o espírito do Vaca Véia em pessoa, alegria e felicidade estão sempre na ordem do dia.

Nós e o nosso amigão SORRISO!


Assim depois de saborear a mais deliciosa picanha argentina de São Paulo e lamber os meus bigodes, veio novamente aquele momento tão esperado do BOLO!!! E, aí estamos nós na função do “Parabéns à você!!!” e do “Happy Birthday, Freeway!”

Eu e os recém-casados



Faça um desejo, Freeway!!!


Apaguei as velinhas!!!


Como vocês podem ver nas fotos seguintes, não sou só eu o único cachorrinho fã incondicional do Vaca Véia, outros também aparecem por aqui com seus donos, e fazem o maior sucesso.






 Assim, recomendo para vocês uma visitinha no Vaca Véia, é certo que vocês vão se divertir bastante. Aos sábados tem um deliciosa feijoada, mas também tem picadinho paulista e comidinhas de dar água na boca. O serviço é ótimo, com os garçons mais carinhosos de Sampa. De dia tem gente de todas as idades e é bem familiar, de noite rola a balada, com muita paquera e boemia, mas este não é o horário que eu frequento, já que eu estou na minha caminha. Bom, se vocês decidirem conhecer o Vaca Véia, não esqueçam de dar o minhas lembranças para o Sorriso, está bem?

Até a próxima celebração, Vaca Véia!!!

Depois do almoço, nós viemos aqui para o nosso “pedacinho de céu”, pois Mammy queria mostrar para os queridinhos dela as inúmeras mudanças que ela fez na decoração, como eu escrevi, nós estivemos muito ocupados dando uma arrumadinha no nosso lar para que ele ficasse ainda mais gostoso do que já é. E aí estão as fotos do fim da celebração do meu aniversário de 2 anos, que será para mim inesquecível, mas eu estou certo que outras tantas virão, pois celebrar a vida é o que a Mammy mais gosta de fazer, e eu simplesmente adooooooooro isso!!! Então, até a próxima, meus amigos!!!!  

Mammy e eu na nossa "cadeira dos sonhos"



E aí, Mammy, nós estamos bem na foto?


Mammy e Eu, só amor, muito amor!!!!

FREEWAY SERVIÇOS

VACA VÉIA
Rua Manuel Guedes, 199 
Itaim
São Paulo - SP
Tel: (11) 3073-1292



Nenhum comentário:

Postar um comentário